Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Já não é a primeira vez que aqui escrevo sobre a falta de frontalidade.

Uma das frases que me faz sair do sério é "Alguém disse ...". Mas que raio é alguém?

Porque será que não há frontalidade para pôr nomes? Será medo? Não creio.

As pessoas não têm medo de dizer que alguém disse qualquer comentário, têm é medo de dizer quem foi e da respectiva confrontação.

É o diz que disse!

Este País gosta disso, gosta de rumores, de fofocas, de intriga.

Como costumo dizer "pagam-nos mal, mas divertem-nos muito".

Boa semana

Social mas Light


sinto-me Desconcertada
tags:

publicado por Social mas Light às 09:05 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008

 

Um dos sentidos que nos rodeia é o olfacto. Este, como outros sentidos, provocam-nos sensações agradáveis, fantásticas ou horríveis. 

Até aqui, nada de novo!

Pois é, de facto nada de novo. Tenho pena de não poder partilhar o aroma que hoje se instalou no meu escritório convosco.

Que saudades eu já tenho do cheiro a tabaco!

Os colegas do sexo masculino, sempre que vão ao wc e fazem as suas necessidades mais "cheirosas", impestam a casa de banho e restante espaço, por inerência,  com "cheirinho", ou seja, usam kilos de ambientador.

Hoje temos um odor a m*rd* e a baunilha. Dahhhhh, sem palavras para descrever.

Resultado, abrir as janelas onde o outro sentido desperta - a audição.

Uma garagem, do outro lado da rua, especialista em alarmes ... o INEM sempre a passar, já que somos quase vizinhos, fora a polícia que mais parece fazer patrulha em NY.

Vivam os sentidos ...

Boa semana

Social mas Light 


sinto-me
tags:

publicado por Social mas Light às 10:08 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

É um facto incontornável! A crise financeira afecta-nos a todos.

No fim de semana resolvemos fazer um programa mais notivago, mais adolescente, mais virado para fora...

Que desilusão. Não que os espaços estejam vazios, mas nota-se a contenção de custos.

No restaurante, as meninas repartem os pratos ( tendo como desculpa a linha) e eles bebem uma cervejita, roubam umas batas fritas do prato delas e fartam-se de comer pão.

Sobremesa? Nada, só um cafézinho, jantamos muito bem!

Isto sem falar das entradas que chegam à mesa e voam logo de volta para a cozinha.

Vamos a um bar de seguida. As bebidas são religiosamente guardadas, até a coca-cola ficar quentinha e o limão ter um ar pré-histórico.

Vá lá que a disposição continua boa.

A problemática do fumo ou não fumo, trás uma enorme agitação na porta, pois as saídas são mais que muitas e de facto mais de 50% dos clientes estavam do lado de fora da porta.

Talvez estes espaços necessitem de mais porteiros e sem duvida de portas maiores.

Já de regresso ( que isto da idade pesa), deparamo-nos com a caça à multa ... em todo o lado havia uma brigada, onde só faltava a máquina registadora.

Melhores dias virão, digo eu.

Fiquem bem, comam pouco, bebam menos e não fumem.

Já agora, acho que com tantas restrições, não vale a pena sair de casa.

Social mas Light 

 

 

 


sinto-me
tags:

publicado por Social mas Light às 15:45 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 8 de Janeiro de 2008

O tempo faz-nos olhar para datas de forma tão diferente.

Hoje faria anos de casada, isto se ainda fosse casada com o meu primeiro marido.

Faz hoje anos que foi efectivamente um grande dia.

Sinto alguma nostalgia por pensar que esse sonho se desvaneceu, que a maioria das pessoas que compartilharam esse momento, ou morreram ou nem sequer sei delas.

É estranho pensar que tanta coisa mudou na minha vida.

Hoje estou bem, estou feliz e bem casada, mas num dia como o de hoje penso como tudo muda.

 

Fiquem bem

Social mas light


sinto-me

publicado por Social mas Light às 09:30 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008

Antes de mais um bom ano novo!

 

Este que foi brindado pela polémica do fumar, ou melhor, não fumar em quase todo o lado.

Estou estupefacta com a facilidade com que as pessoas acham que as proibições resolvem tudo. Fico admirada com a falta de bom senso que impera em determinadas situações.

Tenho ouvido dos mais diferentes quadrantes, que é bom, que é mau, que se calhar faz melhor, que há falta de respeito, etc..

Temos que parar para pensar e não ser fundamentalistas. Quanto a mim acho que devem existir excepções, com zonas específicas para fumar, como por exemplo, prisões, hospitais para doentes mentais, barcos, universidades, centros comerciais.

Sim e a propósito destes ultimos! Sabem que nos maiores CC, dão cerca de 15 mm para um lojista parar se quiser fumar um cigarro. Esse tempo não dá para ele se deslocar às portas, em alguns casos, dada a distância.

Vamos ser sensatos. Vamos ter cuidado com os não fumadores, mas vamos respeitar os que fumam. E quanto aos comerciantes, em especial de restauração, fiquem a saber que devem existir espaços para fumadores, pois caso contrário vão perder muitos clientes.

 

Fiquem bem

Social mas Light

 

 


sinto-me
tags:

publicado por Social mas Light às 14:24 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Bolas eu só queria energi...

Rinrer bell rinrer bell

Coisas que me tiram do sé...

Tasquinhas

Lavar roupa suja

Tarefas de fim de semana

Os dificeis acessos

Reposição

Serviços na Web

Mudanças

arquivos

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

acenos

acessos

alguém

amigos

amor

anúncios

arrumações limpezas

atenção

atendimento

blogs desaparecidos

carro

casamento

chefes

cheiros

colegas

complicações

comportamentos

comunicações

condução

crianças

crise

cumprimentos

datas

desculpas

detergentes

dificuldades

educação

enteados

férias

festas populares

fumar

gato pardo

homens

lideres

limpeza

madrasta enteados

mails

medo

mudanças

murphy

natal

pai

paradoxos

português

prendas

pseudónimos heterónimos

rádio

roupa

sentimentos

sic

stress trabalho

tasquinhas

tecnologia

teenagers

telefone

telemóveis

televisão

trabalho

tv

verão

violência

vizinhos

todas as tags

favoritos

nem cornos, nem sacanas

links
blogs SAPO
subscrever feeds